Diferentes tipos de perda de cabelo também indicam diferentes causas de perda de cabelo. Existem muitas causas de perda de cabelo, algumas mais óbvias do que outras, e algumas são mais facilmente abordadas do que outras. Abaixo você encontrará alguns dos motivos mais comuns para a perda de cabelo.

O estresse pode causar uma interrupção do Ciclo de Crescimento Capilar, o que pode resultar em queda excessiva. O estresse agudo pode se apresentar como uma queda de cabelo repentina de 4 a 16 semanas após o evento que causou o estresse, como uma doença ou acidente. A queda do cabelo muitas vezes é adiada por várias semanas devido à duração natural do Ciclo de Crescimento Capilar. O estresse crônico também foi demonstrado como sendo a causa de uma série de interrupções do crescimento do cabelo devido à superprodução de certos hormônios. O estresse também foi demonstrado como sendo o precipitador de uma série de condições relacionadas com a perda de cabelo, incluindo a perda genética de cabelo, excesso de queda, conhecida como Telogênio Effluvium, perda de cabelo irregular, conhecida como Alopecia Areata e uma condição relacionada ao TOC que faz com que os pacientes arranquem os seus próprios cabelos, que é conhecida como Tricotilomania.

Irregularidades hormonais, parto e menopausa podem ter uma influência significativa no crescimento do cabelo e são causas comuns da perda de cabelo. Mudanças hormonais podem levar a uma interrupção do Ciclo de Crescimento Capilar, que pode se apresentar como queda de cabelo durante a menopausa ou após o parto. Após o parto, de 40 a 50% das mulheres experimentam queda de cabelo devido a alterações hormonais porque os hormônios relacionados à gravidez impediram que os cabelos caíssem durante a gravidez, ou seja, após o parto uma quantidade desproporcional de cabelo cai ao mesmo tempo. Podem ocorrer irregularidades hormonais após o parto ou elas podem se apresentar como um ciclo menstrual irregular, síndrome do ovário policístico e sintomas relacionados à menopausa. As irregularidades hormonais podem contribuir para condições genéticas de perda de cabelo e queda excessiva, como o efluvio telógeno ou o efluvio pós-parto.

Saúde e remédios podem influenciar o crescimento do cabelo. Certas doenças são conhecidas por apresentar a perda de cabelo como um sintoma, como diabetes ou problemas de tireoide, mas outras condições, incluindo febre alta, infecções e algumas condições auto-imunes podem resultar em efluvio telógeno, alopecia cíclica ou perda de cabelo cicatrizante. Começar ou terminar um tratamento com certos tipos de medicação também pode causar perda de cabelo, no entanto, tais reações são individuais. Os medicamentos conhecidos por causar perda de cabelo em algumas pessoas incluem antidepressivos, remédios para a tireoide, pílulas anticoncepcionais e quimioterapia.

A dieta, o tabagismo e os hábitos cotidianos de penteado também influenciam o cabelo. Para manter o cabelo saudável é importante ter uma dieta saudável, ou seja, uma que é rica em proteínas, glicose e vitaminas que são essenciais para o crescimento saudável do cabelo. Dietas e perda de peso rápido às vezes podem causar um impacto sobre o cabelo, porque o cabelo é uma das últimas coisas que recebem nutrientes no corpo, o que pode se apresentar como efluvio telógeno. O tabagismo prejudica a circulação sanguínea, o que pode influenciar ainda mais o Ciclo de Crescimento Capilar, e os hábitos cotidianos de penteado, juntamente com o excesso de processamento químico, podem deixar o cabelo frágil e propenso a quebrar.

A genética também é um fator que deve ser considerado quando se procura pelos motivos da perda de cabelo. A perda de cabelo genética pode afetar homens e mulheres, mas é muito mais comum nos homens. A Calvície de Padrão Masculino/Alopecia Androgenética de Padrão Feminino são as condições mais comumente associadas à perda genética de cabelo, mas certos tipos de condições auto-imunes, como Alopecia Areata, também podem ser parcialmente causadas pela genética.

Não importa qual seja o tipo de perda de cabelo, o Ciclo de Crescimento Capilar é quase sempre afetado. O Nourkrin® com Marilex® é citado em vários artigos clínicos revisados por pares e é usado globalmente como uma terapia primária para abordar distúrbios de crescimento do cabelo, pois o produto ajuda a estabelecer e manter um Ciclo de Crescimento Capilar normal e saudável. Qualquer pessoa que experimente uma perda de cabelo inexplicada deve se lembrar de consultar seu médico e ser testada quanto a problemas de saúde subjacentes.